21 de jul de 2011

Livro: Magya


Sinopse

Sétimo filho do sétimo filho de uma família para lá de especial, Septimus Heap desaparece no dia de seu nascimento e é declarado morto pela parteira. Na mesma noite, seu pai, o Mago Silas Heap, encontra uma recém-nascida abandonada. Os Heap, então, adotam a menina e dão a ela o nome de Jenna. Dez anos mais tarde, a verdade sobre aquela noite e a origem de Jenna vêm à tona e a garota sofre uma tentativa de assassinato, obrigando a família Heap a fugir. Além disso, a Maga Extraordinária é destituída de seu cargo e uma nova ordem é instaurada no Castelo. Muitas mudanças à vista e, ao que tudo indica, a confusão tem relação com ninguém menos que Septimus, até então um simples sentinela.


Magya é apenas o começo de uma grande história. Muitas surpresas e cada vez mais diversão esperam a garotada na emocionante e divertida série Septimus Heap, um lançamento que merece ser comemorado com nada menos que um delicioso “Assado de Repolho e Enguia com Nabos Recozidos”. A receita é da maga protetora Zelda Zanuba Heap, tia Zelda para os íntimos, e faz Septimus ficar com água na boca. Embarque na leitura de Magya e experimente!


ATENÇÃO: Essa resenha pode conter spoilers

Minha Resenha

A Rainha dá a luz uma menina, e é assassinada. Sarah tem um menino, que é o sétimo filho de um sétimo filho, chamado Septimus Heap. Ele é dado como morto por todos, porque sua parteira desaparece com ele. Septimus nasceu no dia dos solstício de inverno. Durante a historia várias coisas acontece com ele. A filha da rainha também de desaparece e é encontrada pelo marido de Sarah, que a adota, e lhe dá o nome de Jenna. Dez anos se passa, e várias coisas acontecem, e muitas coisas acabam se encaixando com acontecimentos passados.


O Começo do livro é um pouco parado, mas logo depois as coisas começam a acontecer. O final é muito bom.


Nenhum comentário: